https://master.restaurantemadero.com.br/ pt

Madero

https://master.restaurantemadero.com.br/
Informação VOLTAR

Grupo Madero é referência em ações sustentáveis na América do Sul

A fim de minimizar o impacto ambiental de suas operações, o Grupo conta com procedimentos de preservação e cuidado com o meio ambiente que lhe renderam a renomada certificação global LEED em três níveis

Publicado em 20 de janeiro de 2020

Uma empresa que traz no slogan o propósito de fazer o mundo melhor deve ir além da teoria e se tornar um exemplo a partir de suas próprias ações. Diante desse ideal, o Grupo Madero se orgulha de ser a empresa da América do Sul com o maior número de certificados LEED (Leadership in Energy and Environmental Design). A renomada certificação global leva em conta as ações de preservação e cuidado com o meio ambiente que o Grupo realiza em diferentes frentes, na construção de seus restaurantes pelo Brasil.

Criado pelo United States Green Building Council (USGBC), o LEED considera aspectos como consumo de energia, materiais utilizados e eficiência no uso da água. Entre Madero e Jeronimo, 17 restaurantes do Grupo Madero têm certificados LEED e 28 estão em processo de certificação. Considerando os quatro níveis (Certificado, Silver, Gold e Platinum), que variam conforme a quantidade de pontos adquiridos, o Grupo possui dois restaurantes Gold, sete Silver, e oito Certificado. Além disso, 16 outras operações inauguradas em 2019 devem ser registradas em 2020, ampliando ainda mais esse número.

Considerando todos os segmentos, o Grupo Madero foi a marca com o maior número de certificações LEED em 2019, o que comprova a sustentabilidade dos projetos e construções. Ter a chancela do USGBC, que atesta o valor, conforto e eficiência dos espaços, além da integridade ambiental de cada construção, é um grande orgulho para o Grupo.

A Certificação LEED avalia os empreendimentos em oito categorias: Processo Integrado, Localização e Transporte, Terrenos Sustentáveis, Eficiência Hídrica, Energia e Atmosfera, Materiais e Recursos, Qualidade do Ambiente Interno, Inovação e Prioridade Regional. A análise de documentos e a creditação é feita pelo Green Building Council Brasil (GBC Brasil).

Dentre essas categorias, destacam-se aos clientes principalmente Qualidade Ambiental Interna e Localização e Transporte. A primeira se refere à promoção da saúde, conforto e bem-estar. Já a segunda, considera empreendimentos de fácil acesso às opções de transporte público e alternativos, como linhas de ônibus e bicicleta.

Como fazemos o mundo melhor?

Da construção dos restaurantes à Cozinha Central do Grupo, em Ponta Grossa (PR), não faltam exemplos de ações sustentáveis em conformidade com a certificação LEED. A começar pelo sistema de destinação de refugos de obras. Hoje, 95% dos resíduos de obras do Grupo Madero são destinados ao reuso ou reciclagem, diminuindo consideravelmente o impacto no solo. Como a equipe responsável acompanha a obra do projeto até a conclusão, a segurança e eficiência também são garantidas.

Já a Cozinha Central é equipada com uma Estação de Tratamento de Efluentes, a qual trata a água utilizada e devolve à natureza 100% pura e tratada. Essa água é tão limpa que serve como lar para os peixes mantidos no lago na parte externa da Cozinha Central. A partir de suas diretrizes e práticas sustentáveis, o Grupo Madero consegue reduzir em média 35% o consumo de água nos restaurantes Madero Steak House e em 14% o de energia elétrica.

No modelo de negócio Container há uma redução média de 77% do consumo de água e 13% de energia elétrica. Esse tipo de restaurante, aliás, é mais um grande diferencial do Grupo, afinal, ele reaproveita estruturas de aço que não poderiam mais ser usadas no transporte de cargas e seriam descartadas incorretamente na natureza. Depois de reformadas, elas servem perfeitamente à construção civil e se transformam em espaços descontraídos e confortáveis, por meio dos departamentos de arquitetura e engenharia do Grupo.

Alimentos orgânicos: saúde à mesa e incentivo à agricultura familiar  

Além da Cozinha Central, o Grupo Madero possui uma fazenda em Palmeira (PR) na qual produz de forma orgânica, ou seja, sem a utilização de adubos químicos, aditivos sintéticos, antibióticos, hormônios, fertilizantes e agrotóxicos, a alface que abastece 100% dos restaurantes pelo Brasil. Em locais mais distantes da fazenda e Cozinha, como Rio de Janeiro, Goiânia e Distrito Federal, o Grupo conta com o apoio de parceiros altamente qualificados que produzem e entregam nessas regiões.

Assim, é possível não apenas manter a qualidade de um produto tão sensível como também estimular a agricultura familiar e movimentar a economia local nessas cidades. O mesmo ocorre com o tomate, também orgânico, produzido por outro parceiro do Grupo Madero em Planaltina (GO). Até o final de janeiro de 2020, 100% dos tomates servidos nos restaurantes serão orgânicos.

E não podemos esquecer do nosso carro-chefe, as carnes. A maior parte da carne servida nos restaurantes Madero possui a certificação Grass Fed. O selo garante que o gado foi criado solto e alimentado com pasto, não com ração. Com isso, a carne servida, além de muito mais nutritiva, macia